A proposta de Produção Textual Interdisciplinar (PTI) terá como temática: “A Base Nacional Comum Curricular e as práticas pedagógicas”. Escolhemos essa temática para que você possa adquirir novos saberes docentes, visando a aprendizagem interdisciplinar dos conteúdos desenvolvidos nas disciplinas deste semestre e, ainda, fomentar práticas pedagógicas.
A escola é um espaço que oportuniza aos sujeitos acesso ao conhecimento científico construído historicamente. A sistematização do trabalho educativo é subsidiada pelo processo de desenvolvimento e aprendizagem dos educandos, por isso encontra-se uma sequência diádica, estruturada por meio do currículo que está alinhada às etapas de ensino da educação básica.
Para que o acesso, permanência e sucesso escolar ocorra, também é observada a importância das políticas educacionais que possuem a finalidade de regularizar e assegurar a organização da educação. Nesse sentido, documentos são publicados para direcionar todas as ações, desde a manutenção do ensino até as normativas curriculares. É nesse contexto que observamos o papel da Base Nacional Comum Curricular (BRASIL, 2018) que se refere a um documento de caráter normativo que apresenta as aprendizagens essenciais que os alunos devem desenvolver ao longo da educação básica para que tenham seus direitos de aprendizagem e desenvolvimento garantidos. Essas aprendizagens contribuirão ainda com o desenvolvimento de competências gerais que se articulam na construção de habilidades e na formação de atitudes e valores.
Ao planejar suas práticas pedagógicas o professor deve levar em consideração a realidade dos alunos, o Projeto Político Pedagógico da Instituição e os documentos norteadores para cada etapa. Espera-se que as vivências e aprendizagens propostas possam respeitar as particularidades dos alunos, estimular a participação da turma, despertar o interesse por temáticas atuais e utilizar metodologias inovadoras.
A partir do que foi exposto, prossiga para a leitura e interpretação da Situação Geradora de Aprendizagem.

1. Leitura e interpretação da SGA
Por meio da leitura da SGA e, também, da situação-problema destacada, você deve elaborar uma produção textual.
SITUAÇÃO GERADORA DE APRENDIZAGEM (SGA)
Na escola “Machado de Assis”, a diretora Lívia e a pedagoga Cecília estão dialogando sobre a pauta da próxima semana pedagógica da escola, em que os professores irão analisar os desafios e as possibilidades das práticas educativas. No momento da conversa, Cecília relatou para Lívia que ao acompanhar os professores ela tem percebido que eles ainda possuem dificuldades em implementar atividades pedagógicas mais dinâmicas que atendam às competências previstas na Base Nacional Comum Curricular. Nesse instante, Lívia indica que isso deve ser trabalhado com os professores, visto que a finalidade da instituição é superar as tendências pedagógicas tradicionais e pensar em
tendências que, de fato, vão ao encontro de perspectivas críticas que fazem com que os alunos atribuam sentido à realidade a partir do saber. Após várias conversas, Lívia e Cecília traçaram uma proposta e irão apresentá-la aos professores na semana pedagógica.

Lívia deu início aos trabalhos da semana pedagógica agradecendo a participação de todos e o empenho nas práticas já desenvolvidas. A diretora relatou que os apontamentos realizados pelos professores sobre os desafios do trabalho pedagógico e a implementação da BNCC na prática educativa foi analisada e, por esse motivo, a gestão elaborou uma proposta de atividade para ser realizada pelos professores nesse momento de formação. Nesse instante, a pedagoga Cecília fez uma breve exposição aos professores trazendo a importância da organização do trabalho pedagógico com base nas tendências progressistas, as quais veem no conhecimento a possibilidade de transformação social. Em seguida, ela indicou os benefícios das tendências libertadora, e histórico-crítica para o trabalho em sala de aula. Também foi apresentada a importância das metodologias ativas para a prática pedagógica. A pedagoga indicou que essas metodologias estão vinculadas com o uso das tecnologias e a inovação na educação. Sendo assim, observa-se o quão relevante é o papel da tecnologia para a realidade social e para os processos de ensino e aprendizagem. Os professores adoraram essa discussão, visto que as tecnologias podem atender ao que é preconizado nas tendências progressistas, no que se refere à necessidade de o conhecimento ser socializado de forma contextualizada e significativa. Por meio dessa proposta, Lívia e Cecília, apresentaram aos professores as dez competências da Base Nacional Comum Curricular.
A partir do exposto, Lívia e Cecília pediram para os professores elaborarem uma apresentação das posturas e propostas subsidiadas pelas tendências pedagógicas progressistas que caminham em direção ao desenvolvimento das competências gerais indicadas na BNCC. Essa apresentação deverá ser elaborada de forma dinâmica, por meio de mídias digitais. Se vocês estivessem no lugar dos professores da Escola Machado de Assis, quais informações apontariam na apresentação?

 

Precisa deste modelo de portfólio?

Compre por apenas R$ 59,90! CLIQUE AQUI DOWNLOAD IMEDIATO!